Tempo De Ensaio De Permeabilidade

Ensayo de comida de morder Dicas para fazer crítica de papelão em casa

A vida afastou profecias falsas como uma fumaça. A tudo é claro agora que a ideia da ocupação do trono de Constantinople foi desilusão, espírito. Também "a interdição" política na crítica da reforma "nikono-alekseevsky" desapareceu.

Ao mesmo tempo o erro é evidente se contar, a um exemplo, "esgotando o abismo Cáspio". Por isso, um erro apreciável e na expressão "os mares chermnuyu o abismo", como "Chermnoye" (É vermelho - próprio nome. Na palavra "o pesheshestvovat" inventou pravshchikami pelo qual a tautologia se permite - sempre medem com passos o pedestre.

O czar Alexey criou-se na negligência a todo o empregado doméstico e em uma adoração para todos estrangeiros. Sobre "milagres da cultura ocidental" tinha a representação diretamente fantástica: convenceu-se do poder quase abrangente do estrangeiro principal. Estas qualidades, especialmente negligencie à história doméstica e a cultura, em uma medida maior desenvolverá e vai se mostrar em seu filho, czar

É claro que nesta situação a reforma de Nikonova na unificação da prática de igreja russa e grega ganhou o valor político especial; a uniformidade de igreja com gregos representou-se pela base ideológica uniforme do futuro grande império. Além disso a fortificação da reforma e o endurecimento da luta contra a Velha Crença foram uma consequência dele.

O autor do presente artigo, dentro de vários anos investigando um problema de uma velha cerimônia, veio a uma conclusão que inteiramente coincide com o acima-determinado afirmação da ilha de Ioann Belevtsev: a reforma de Nikonova não tinha nem bases teológicas, nem iniciais: impôs-se à igreja artificialmente. O criador principal de reforma - czar Alexey Mikhaylovich e patriarca Nikon - só o perfumista. Por isso, também, seria mais justo chamar a reforma "alekseevsky"."

O velho texto de uma fila de batismo: "rezamos para você, O meu Deus, em baixo de sim snidt com kreshchayushchimsya o espírito é astucioso". Novo texto: "em baixo de sim snidt com kreshchayushchimsya, rezamos-lhe, espírito astucioso". E os sustentadores de uma velha cerimônia constantemente condenada por este dano blasfemo novoobryadtsev, mas o último voltaram à opção donikonovsky também séculos depois. De tal modo, este erro trabalhou para a divisão: "astucioso rezam ao espírito", falaram os Velhos Crentes.

Deste modo, não para aderentes "az" da Ortodoxia tradicional aumentou contra a reforma. Naquele tempo as pessoas visitaram a igreja muitas vezes e muitos textos sabiam de cor, é possível apresentar a sua indignação desta "correção" de textos: não é surpreendente que houvesse uma divisão.